Kell Smith lança "Lado A" do álbum O velho e bom novo!

Atualizado: Jun 28

Kell, cantora e compositora ganhou notoriedade nacional há três anos com o smash single Era uma vez (2017), Kell Smith lançou no ultimo dia 22 de maio, metade das 12 faixas do seu segundo álbum , O velho e bom novo, sucessor de Girassol (2018), Rick Bonadio assina a produção do projeto.


A cantora e compositora definiu essas primeiras 6 músicas como “lado A” de O velho e bom novo, em referência aos antigos long plays; O álbum é produzido e arranjado pelo maestro e compositor Bruno Alves, parceiro de longa data de Kell Smith e que assina as composições de oito das doze canções do repertório do projeto inteiramente autoral. No auge dos 27 anos recém-completados, Kell Smith que é filha de missionários, o que contribuiu para suas letras inspiradas e motivadoras que ganharia os uma legião de fãs, os Girassóis, nome carinhoso dado pela cantora.

Em 2005, o pai lhe presentou com vitrola encontrada no lixo e com exemplar do Lp Falso brilhante, lançado por Elis Regina em 1976, 17 anos antes de Keylla Cristina dos Santos nascer.



Falso Brilhante impactou a a cantora adolescente, que, desde então, não parou, seguindo seu caminho de cantar emoções reais, no segundo álbum não seria diferente , no “lado A” do álbum O velho e bom novo, que externa superação de depressão na música na faixa Eu vou conseguir!, traz a melancolia em Carta pra você, enfrenta fragilidades em Vulnerável, primeiro single a ser trabalhado e sonha com esperança em A terra firme é lá e dilui ansiedades com o amor próprio em Seja gentil .


O álbum é deliciosamente motivador, a voz de Kell Smith nos faz querer mais.

Eu, um colecionador nato sinto falta das versões físicas, mesmo que limitadas com lindas fotos e edições deluxe!


Cla Ribeiro

@claribeirophotographer

41 99745-0474


24 visualizações

2020  -                                      CLA Magazine  Todos os Direitos Reservados