Paraná para amar - 10-08-2020




Seca


Arlan Scortegagna Almeida, que atua como engenheiro hidrólogo no quadro do técnico do SIMAPAR conversou com a colunista que vos fala, para trazer um alerta de utilidade coletiva. Segundo o especialista, o quadro de crise hídrica que se agrava há meses, no Paraná, tende a ganhar contornos ainda mais dramáticos, uma vez que os reservatórios da região Sul operam com menor vazão desde agosto de 2019, a própria pandemia ocasiona o consumo doméstico acelerado de água e, para completar, há o desenvolvimento de um fenômeno de oscilação oceano atmosférica, conhecido como La Niña, o que - geralmente – indica poucas chuvas para os próximos meses. Somados, esses fatores podem provocar uma seca. “A crise hídrica afetará todas as pessoas. Por isso, é preciso respeitar a coletividade, adotar todas as medidas para que haja o uso racionalizado da água, evitar o uso indiscriminado da máquina de lavar, não cavar poços, não lavar calçadas e não lavar carros. É perfeitamente possível manter as medidas de higienização, com muito cuidado e economia da água. Também devemos cobrar dos gestores públicos que tenhamos mais cuidado com os recursos naturais, daqui para a frente, pois o que está se tornando cada vez mais claro é que estamos extraindo mais do meio ambiente do que ele tem capacidade de nos aportar”, pondera.


Represa do Passaúna - Aloha Mídia


CWB Gourmet


Em maio, o proprietário do Macarrão Curitiba tomou a iniciativa de patrocinar um post na página da própria marca, para promover a concorrência. A atitude inusitada foi motivada por solidariedade ao restaurante Galeteria Caxias, que o empresário frequenta há anos. Desde então, Fernando Zolet entrou para o radar da colunista que vos fala. Afinal, entendo que só a cooperação pode fazer humanidade sobreviver às crises. Por isso, dei à marca de Fernando o direito de inaugurar a CBW Gourmet, nota fixa sobre o universo gastronômico, da capital paranaense, dentro da coluna “Paraná para Amar”. Assim, falarei brevemente sobre tudo que chamar minha atenção nesse meio.

Conheci o produto e serviço da Macarrão Curitiba na ocasião em que a marca comemora um ano. Simpática, a empresa enviou para todos os clientes um bolinho de laranja simples e saboroso, para promover a comemoração remota de seu primeiro aniversário. O doce acompanhou o pene ao funghi, que me chegou na noite do último sábado. Gostei do ponto da massa, da textura aveludada do molho e entendo que, para ficar perfeito, ele precisava de um pouco mais de funghi e deveria estar mais quente. Já Cla Ribeiro, CEO da Cla Magazine, adorou o pene com carne ao molho de cerveja e não viu qualquer ponto fraco no prato. O mais bacana é que a refeição custa R$15, em respeito ao conceito da marca, que prega a simplicidade democrática e serve em baldinhos nos quais se pode comer em movimento e sem se sujar. Em um ano de funcionamento, o Macarrão Curitiba já serviu 15 mil refeições. “Nunca trabalhei tanto em minha vida. Mas vale a pena”, comenta Zolet. A coluna concorda e recomenda o fast food genuinamente curitibano!



Cla Ribeiro e Assessoria

Solidário


Por falar em cooperação, a campanha promovida há alguns dias, para arrecadar cestas básicas distribuídas para 780 famílias já conquistou 50% do objetivo, graças à adesão dos mais de 500 empresários, que participam do clube Zoli e Parcerias. O coletivo ganhou espaço fixo na coluna “Paraná para Amar” e encontrou um jeito de reaquecer negócios, além de promover ação beneficente. Nesse sentido, há um link direto, por meio do qual os interessados em ajudar podem parcelar o valor doado em até quatro vezes. Afinal, o momento é delicado para todos. Mais informações: 41 99266-3450.


Zoli Eventos

Arte


No próximo dia 15 teremos a alegria de lançar algo completamente inovador, através da CLA Magazine. A Web Gallery levará exposições de arte, através da própria revista, na qual todos os internautas também poderão comprar as obras da quais gostarem! A mim, foi dada a honra de inaugurar esse espaço, por meio do meu acervo de aquarelas abstratas. Dentre elas, foram selecionadas obras que representam o etéreo e o mundano. Aquilo que pode ser visto e todo o resto, que só pode ser sentido. Por isso, a mostra foi intitulada “Corpo e Alma”. Será um grande prazer partilhar meu universo subjetivo com vocês!





raquelmedandrade@gmail.com

Insta: @raquelmedandrade

41 99108-6401

70 visualizações

2020  -                                      CLA Magazine  Todos os Direitos Reservados